Miami e Orlando- Dicas sobre Aluguel de Carro

Alugar um carro no exterior pode parecer uma tarefa complicada, mas tivemos uma experiência excelente em Miami e Orlando. E digo que tudo deu certo porque pesquisamos muito antes de alugar o carro, sendo fundamental para não termos tido nenhum prejuízo ou passado por algum perrengue. As ruas e estradas da Flórida são excelentes e muito bem sinalizadas, você não vai ter dificuldade em relação a isso. Vou deixar aqui pra vocês as melhores dicas de como desenrolarem bem  :smile: 

Onde alugar?

Dica cantinhos no mundo: Resolva isso antes de viajar, não deixe pra alugar na hora que você chegar no seu destino, pois tem vários detalhes de diferentes seguros que você pode escolher, modelo do carro, a questão do pedágio, enfim, coisas que você precisa ter definido bem antes pra que na agonia do momento não passe nada despercebido.

Fizemos várias pesquisas e, na época (2015), o que saiu mais vantajoso foi alugar pelo site da Decolar. Ele oferece várias opções de locadoras e você escolhe o modelo. Do lado de cada locadora tem a nota dos consumidores e é super importante você avaliar bem isso. Escolhemos a Álamo que tem avaliações muito boas, levamos o papel impresso confirmando a reserva do carro e foi tudo tranquilo para localizar. Alugamos uma SUV, já com o seguro e GPS e tivemos uma experiência ótima. É essencial um carro com GPS, no que alugamos ele era daqueles que já vem de fabricação no carro e funcionou muito bem, sendo super atualizado e indicando certíssimo os endereços. Existem várias opções de site para aluguel de carros, então pesquisem bastante e vejam qual está oferecendo o melhor preço no momento.

No aeroporto mesmo de Miami, tinha o balcão de várias empresas de aluguel de carro e eles te levavam ao estacionamento onde tinha uma variedade enorme de carros no modelo que locamos, e ai escolhíamos qual mais nos interessava.

Carro que alugamos na Álamo, uma SUV excelente!

E a carteira de habilitação?

Nos EUA, você pode alugar um carro e dirigir tranquilamente com a carteira nacional de habilitação, sem precisar de nenhuma outra burocracia.  É muito simples, basta que sua carteira esteja dentro da validade.

Como funciona o pedágio?

Está ai a parte complicadinha e que você precisa prestar muita atenção. Se você vai para Miami, encontrará pedágios quando pegar as estradas para ir aos Outlets e na saída do aeroporto. Além disso, quem for para de Miami-Orlando (ou vice-versa) de carro, também passará por pedágios ao longo da estrada. Em Orlando também encontramos pedágios em nosso caminho aos Parques, pois para chegar neles sempre pegamos estrada. Resumindo: Esteja preparado, pois é fato que passará por pedágios.

Há 3 tipos básicos de cobrança que você encontrará na maioria dos pedágios:

-SunPass/ E-Pass: A maioria das principais locadoras de automóveis agora oferecem aos clientes a opção de pagar os pedágios com a cobrança no cartão de crédito. Funciona através de um selo com código de barras colado no vidro do carro, que pode passar diretamente pelo pedágio sem parar e um radar captura a imagem daquele selo e envia a cobrança do pedágio para a locadora do carro, e depois virá na sua fatura do cartão. Foi a opção que escolhemos por ser mais prática e mais econômica também. Cada locadora funciona de uma maneira diferente em relação a cobrança, a Álamo cobra o valor do pedágio + taxa de $3,95 por dia de uso (algumas locadoras cobram a taxa por dia, independente se usou ou não, fique atento),  limitado a $19,75. Então vai vir na sua cobrança a taxa diária + o valor do pedágio.

Neste site aqui tem os valores cobrados por todas as locadoras que possuem esse sistema de pedágio, veja com muita atenção para saber qual é o mais vantajoso para seu caso.

Exact Coins: Não há atendente no guichê e você tem que ter o valor exato do pedágio para colocar na maquininha e tem que ser em moedas, para que possa ser aceito. É mais complicado porque você tem que está sempre de olho em guardar aqueles valores específicos.

-Change/ Receipt: Um guichê com atendente para quem precisa pagar o pedágio e receber troco. O grande problema desta forma de pagamento é que muitos pedágios não tem mais essa opção de pagamento, então corre o risco de você passar e não ter ninguém para receber.

Atenção: Não há cancelas nos pedágios e você pode passar direto sem pagar se achando o espertinho! Porém, as câmeras registram tudo e depois virá uma multa na fatura do seu cartão. Então, respeitem as regras.

Dica importante: É essencial ter um cartão com um limite maior para conseguir alugar carro, pois sempre é exigido pela locadora um valor caução, que fica bloqueado em seu cartão para caso aconteça algum problema com o carro, ser descontado daquele caução. Esse valor varia bastante, mas é pelo menos o total da reserva + uma porcentagem em cima. Além disso, o cartão tem que ser do condutor principal do carro.

Qualquer dúvida, é só deixar seu comentário aqui embaixo!

Laís  

Já curtiu nosso instagram para acompanhar mais dicas? Clica aqui! ;)

Quer ajudar nosso blog? Faz a reserva pelo Booking clicando aqui ou na caixa de pesquisa ao lado! ;)

21 Replies to “Miami e Orlando- Dicas sobre Aluguel de Carro

  1. Oi Laís! Eu sempre tive muito receio em alugar carro no exterior. No entanto, lendo o seu post pareceu tão tranquilo. Tudo bem explicadinho. Até mesmo a questão dos pedágios. Achei a escolha de vocês realmente a melhor, mesmo tendo que pagar taxas (vale pela tranquilidade mental de não se preocupar em ter moedas ou ter uma pessoa para receber). Parabéns!!!
    Abraços
    Carolina

    1. Pois é Carolina, é sempre bom dá uma pesquisada antes se é tranquila a cidade para alugar carro. Na Flórida realmente vale a pena. Obrigada pela visita =)

  2. Ótimas dicas, e o mais engraçado pra mim, foi quando muitas vezes eu deixei o carro, o pessoal do atendimento dá uma voltinha no carro, anota algumas coisas no handheld e vai embora… juro que nas primeiras vezes fiquei com cara de tacho, sem saber se podia ir embora ou não…. kkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Oi Lais! Aluguei carro por lá na mesma empresa, que coincidência né? Pegamos um menor que o seu, mas também foi uma experiência tranquila. Como você falou, melhor já chegar lá com a reserva e tudo definido. E as estradas são mesmo ótimas, uma delicia dirigir por lá ne?
    Um abraço!

    1. Oi Klécia!! Achei ótima a empresa, coincidência mesmo! É uma maravilha dirigir por lá, tudo tranquilo demais! Obrigada pela visita por aqui =)

  4. Excelentes dicas, explicou direitinho todo o processo. Quando fui a Orlando utilizei o Uber por estar sozinho e também achei muito prático e econômico. Abs

    1. Amilton, verdade, é mais interessante para quem está acompanhado por mais pessoas mesmo ou quem irá viajar entre miami e Orlando. No seu caso o uber é uma boa opção! Obrigada pela contribuição =)

  5. Post super valioso com dicas valiosas, nem tinha noção desses pedágios tudo e muito bom já ir preparado, com dinheiro reservado, quanto a carteira que bom que não é tão burocrático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

:alien: :angel: :angry: :blink: :blush: :cheerful: :cool: :cwy: :devil: :dizzy: :ermm: :face: :getlost: :biggrin: :happy: :heart: :kissing: :lol: :ninja: :pinch: :pouty: :sad: :shocked: :sick: :sideways: :silly: :sleeping: :smile: :tongue: :unsure: :w00t: :wassat: :whistle: :wink: :wub: