Santiago- Quando ir, onde ficar, onde comer e mais

Hoje escrevo pra vocês sobre um destino que me encantou  :heart: Santiago é uma cidade linda, com muitos pontos turísticos, um transporte público excelente , com comida boa e vistas deslumbrantes. Enfim, achei tudo de bom e já quero volta! O Chile em si me surpreendeu muito, pois também amei Puerto Varas e já tenho vários destinos na lista dos desejos nesse país maravilhoso. 

Passamos 4 dias completos em Santiago e conseguimos conhecer os principais pontos turísticos. Mas a cidade tem tanta coisa boa, que poderíamos ter passado mais facilmente. Se você não disponibilizar de pelo menos 4 dias, pode conseguir visitar os principais pontos em 3 dias bem corridos (e contar com a ajuda de São Pedro pra não cair uma chuva!). Menos que isso, você não aproveita Santiago.

Vou dividir o post em 2 partes, para que não fique tão grande e vocês possam ler tranquilamente, certo? 

Quando ir?

Fomos no outono e sou um pouco suspeita pra falar dessa época. :tongue: Amo essa estação e achei as paisagens incríveis, com a coloração diferente das folhas. O frio estava grande, a temperatura chegava a 5ºC à noite. Então haja casaco viu? Sobre chover, a probabilidade pode ser maior, mas é muito questão de sorte sabe? Passamos 4 dias e meio por lá e não pegamos uma gota de chuva, os dias estavam lindos! Para quem quer ter a certeza de ver neve, o ideal é ir no inverno, que é do finalzinho de junho até meados de setembro.

Como não amar essa paisagem que o outono proporciona? :heart:

 

Como ir do aeroporto para seu hotel?

Já havíamos lido e escutado vários relatos sobre o problema com táxi em Santiago, então nossa ideia era evitar de todo jeito. Quando chegamos no aeroporto tivemos um problema, pois tínhamos planejado ir de uber para nosso apartamento, porém estávamos sem internet no celular e o wi-fi do aeroporto é terrível, passamos muito tempo tentando conectar e era impossível! Desistimos do uber e fomos no balcão do táxi oficial do aeroporto, que é da empresa Transvip. Eles fazem o transporte em carros bem confortáveis, que são táxis executivos e é um preço fixo que depende do bairro que você vai. Como estávamos hospedados na Providência, o valor ficou em 23mil pesos chilenos (cerca de 115 reais) e o mais seguro é que o pagamento era feito diretamente no balcão. Também tem a opção do compartilhado, que ai vai uma van transportando vários passageiros. A vantagem é que o preço é menor e a desvantagem que demora mais a chegar no seu destino. Ali mesmo ao lado do balcão do táxi, tem uma casa de câmbio e você pode trocar um pouco do seu dinheiro ou pode pagar no cartão se preferir.

Na tentativa de chegar ao balcão do táxi oficial do aeroporto fomos abordados diversas vezes e de forma bem irritante por vários taxistas que não eram oficiais. Muito cuidado porque eles usam uma plaquinha escrita “táxi oficial”, mas é só para enrolar o turista. Cobram o mesmo preço que o táxi do aeroporto e a probabilidade de ter problema com eles é bem maior. Vi vários relatos de dinheiro entregue errado, taxistas grosseiros, que alteravam o taxímetro, enfim, só problema.

 

Qual meio de transporte utilizar na cidade?

Sem dúvidas, a melhor forma é de metrô. Funciona muito bem na cidade, tem diversas estações e conseguimos chegar facilmente em todos os pontos turísticos que fomos. Além disso o trânsito em Santiago é intenso, de metrô você vai evitar perda de tempo em trânsito. É super fácil de entender como funciona e tem um aplicativo oficial do metrô, que te indica qual linha pegar. O ideal é comprar o cartão Tarjeta Bip e recarregar aos poucos mesmo, de acordo com o que você for necessitando. Em toda estação tem pontos de recarga e é super tranquilo. A dica é que você pode comprar um único Tarjeta Bip e usar para mais de uma pessoa (usamos eu e meu noivo). A passagem custa em torno de 660 pesos chilenos (em torno de R$3,25) e você consegue economizar bem utilizando somente o metrô, que foi basicamente o que fizemos. Vou colocar aqui embaixo o mapa do metrô, que é excelente para se guiar. Utilizamos o uber apenas para sair à noite e foi ótimo! Não tivemos problema nenhum e também economizamos em relação a táxi.

Além disso, fica a dica de caminhar bastante pela cidade, porque é muito lugar lindo viu? Eu fico impressionada comigo mesma, como viagem faz a gente se encantar né? Sou bastante sedentária, não costumo andar muito, mas era frequente caminharmos cerca de 9km por dia (e juro, eu tava de boa! rsrs). 

Quanto à segurança no metrô, não vi nada que me deixasse com medo. Agora tenho o mesmo cuidado que no Brasil, sempre de olho na bolsa pra não ser surpreendida por um furto. Acho que esse é o segredo em qualquer lugar, ter sempre cuidado mesmo.

Mapa do metrô

Onde ficar?

Ficamos hospedados em um apartamento no bairro da Providência, o Departamentos Rent a Suite (clica aqui para reservar e ajudar nosso blog). Achamos o bairro maravilhoso, muito central, e com uma estação de metrô coladinha no nosso apartamento (a estação Los Leones). Dica Cantinhos no Mundo: É essencial procurar um local para se hospedar que seja próximo a uma estação de metrô, pois vai te poupar maiores custos ou evitar caminhadas longas até chegar em uma estação.

O bairro da Providência é lindo, muito arborizado, com opções boas de restaurantes, lojas, cafés, farmácias, enfim, tem de tudo mesmo e é muito aconchegante :heart: Sobre o apartamento em si, o que achamos: é beeeem pequeno, mas arrumadinho, cama confortável e tudo bem novo. Tem uma mini cozinha completa com fogão, microondas, frigobar e todos os utensílios. A única coisa que realmente incomodou foi o tamanho do apartamento, que pra 2 malas você não tinha espaço pra passar, tinha que dá uma pulada de obstáculo. Mas também, nada que atrapalhasse nossa estadia por causa disso. Há vários apartamentos para alugar no booking e com preços bem parecidos ao que alugamos, vocês podem conferir e reservar aqui. A diferença para o preço dos hotéis era gritante e basicamente o que não tinha era café da manhã.

 

Departamentos Rent a Suite. Esqueci de tirar fotos do apartamento, então essa é do booking, mas retrata bem.
Departamentos Rent a Suite. Foto do Booking

Onde comer?

Santiago tem muitos restaurantes bons e a gastronomia de lá é excelente. O custo da alimentação em Santiago não é barato se você quiser comer em restaurantes legais. Fica em torno de 100 reais por pessoa, com um prato principal, bebida não-alcoólica e uma sobremesa. Vou colocar ao final de cada restaurante, um link do site zomato com o cardápio dos restaurantes que ai vocês já tem ideia dos preços e opções. Esse site é muito utilizado em Santiago para opiniões sobre restaurantes.

Indico muito você ir no Pátio Bellavista e lá decidir um restaurante para conhecer. Que lugar maravilhoso! É super prático, porque lá tem muitas opções boas concentradas em um lugar só. Fomos umas 3 vezes por lá e foi excelente. Restaurantes que fomos dentro do Pátio Bellavista:

Backstage Life: O melhor que conhecemos lá! Fomos logo no 1º dia em Santiago e só tenho elogios. O cardápio é bem variado, com pizza, sushi, sanduíche, massas, frutos do mar, enfim, dá pra agradar a todos os gostos! Pedimos uns sushis logo de entrada e amamos, estava muito saboroso. Depois pedimos um ceviche e não gostamos nem um pouco, mas pelo que notei depois, também é feito da mesma forma em outros locais, bem diferente do Brasil. Então pedimos um prato de salmão, com camarões, que estava delicioso. O ambiente do restaurante é maravilhoso, muito aconchegante, enorme e com opções de área externa e interna.

Endereço: Bellavista 052, Local 57, Providência- Pátio Bellavista

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/backstage-life-bellavista/menu

Tudo isso é apenas um suco de morango! Amei!
Na área externa do Backstage.
Sushi delícia!
Foto do Tripadvisor, com o prato que pedimos e estava delicioso
Área interna do Backstage, onde também acontecem shows em dias específicos. 

Barrica 94: Fomos nesse restaurante pois vimos excelentes indicações no tripadvisor (sempre usamos como guia para escolher), estando na posição 20ª entre os melhores restaurantes de Santiago. Nos decepcionamos com o restaurante por alguns fatos. Pedimos uma lasanha de cordeiro e tava bem sem graça, o atendimento foi bem ruim e o preço bem elevador. Talvez seja mais interessante para quem gosta de apreciar um bom vinho, que tem um vasto cardápio. Pra vocês verem como tudo é questão de gosto e muito pessoal.

Endereço: Bellavista 052, Local 94, Providência- Pátio Bellavista

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/barrica-94-bellavista/menu

 

Mosaicafé: O cardápio é bem variado e o ambiente é legal e descontraído. Pedimos uma porção de batatas fritas bem diferente, com carnes. Depois comemos uns sushis que estavam bons. Vale a visita!

Endereço: Bellavista 052, Local 86, Providência- Pátio Bellavista

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/mosaicaf%C3%A9-bellavista/menu

 

Agora vamos aos restaurantes em outros locais:

Como Água para Chocolate: Nota 1000 pra esse restaurante :heart: Que maravilha foi nosso almoço, o lugar encanta em tudo, a decoração é incrivelmente charmosa, o atendimento excepcional e a comida uma delícia!! O restaurante é bem fácil de achar, fica na esquina seguinte ao Pátio Bellavista. Não fizemos reserva e foi tranquilo, o restaurante tinha mesa sobrando. Não deixem de ir, indico mil vezes, vale muito conhecer!

Endereço: Constitución 88, Barrio Bellavista, Providencia

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/como-agua-para-chocolate-bellavista/menu

Como Água para Chocolate. Olha que decoração encantadora!! :heart:
Essa mesa do restaurante Como Água para Chocolate é beeem conhecida, por ser em formato de uma cama. Uma graça!
Não lembro o prato, mas meu noivo pediu uma carne que estava deliciosa.
Amo salmão (acho que já deu pra perceber né?! rsrs). O do Chile é delicioso e esse ai mais especialmente ainda!
A oferta de sobremesas era enorme! Me deu vontade de comer todas, mas só pude comer essa (rsrsrs) e estava maravilhosa!

Capperi: O restaurante é especializado em comida italiana e comemos massas deliciosas. Muito aconchegante o ambiente e o preço era bom. 

Endereço: Av. Italia, 1463, Providência

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/capperi-providencia/menu

Área interna do restaurante Capperi.
Entradinha de bolinhos com queijo e camarão. Delícia! Obs: Vinham 6, mas já tínhamos comido 2. kkkkkk

 

Baco: Restaurante bem conceituado, ficava exatamente em frente ao apartamento onde nos hospedamos. Melhor impossível a localização! Fomos jantar bem tarde nesse dia e pegamos uma fila de espera de cerca de 30min. Essa também é uma dica boa, os restaurantes ficam cheios em torno das 21h, antes disso você consegue ir tranquilamente sem ter que esperar ou fazer reserva. Para os amantes de vinho, o restaurante oferece uma carta grande e variada e em taças, o que facilita para quem quer beber pouco ou provar vinhos diferentes. A comida estava bem gostosa e pedimos um prato para dividir pois estávamos com pouca fome. Comemo um pudim (lá eles chamam de torta de leite) e estava uma delícia, além de ser tamanho família! :biggrin: O atendimento foi excelente, ambiente muito agradável e tivemos uma ótima experiência com o restaurante.

Endereço: Nueva de Lyon, 113, Providencia

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/baco-providencia/menu#tabtop

 

Tip y Tap no Parque Arauco: Inicialmente destaco aqui que o shopping Parque Arauco é uma maravilha de lugar para almoçar, onde o pátio de restaurantes fica a céu aberto! Uma variedade enorme de restaurantes, em um ambiente super agradável e charmoso. O Tip y Tap nos agradou bastante, pedimos um canapé de camarões que estava ótimo e como prato principal pedimos um escalope Kaiser com presunto e queijo, que é um tipo de bife servido de uma forma diferente e uma porção de batata frita à parte. O prato principal deu e sobrou para eu e meu noivo dividirmos #ficaadica. O shopping Parque Arauco tem um balcão que tem um folheto com descontos para turistas estrangeiros, inclusive em vários restaurantes, vale a pena passar lá e pegar.

Endereço: Av Presidente Kennedy 5413, Las Condes, Vitacura- Parque Arauco (local 462)

Cardápio: https://www.zomato.com/pt/santiago/tip-y-tap-providencia/menu#tabtop

Varandinha do restaurante, que possui vários ambientes.

 

As dicas são essas, espero que vocês tenham gostado e tentei detalhar o que pude dentro da minha lembrança :biggrin: No próximo post vou trazer as dicas de tudo o que fazer em Santiago, melhores passeios, pontos turísticos e como dividi isso em meu roteiro. 

Laís  

Já curtiu nosso instagram para acompanhar mais dicas? Clica aqui! 😉

Quer ajudar nosso blog? Faz a reserva pelo Booking clicando aqui ou na caixa de pesquisa ao lado! 😉

15 Replies to “Santiago- Quando ir, onde ficar, onde comer e mais

    1. Olá Aureo! Comprei sim,um chip da antel. O valor é bem em conta, e basicamente comprei para poder solicitar mais facilmente o uber ou pesquisar alguma coisa na rua. Vale a pena, pagamos cerca de 35 reais já com a internet.

  1. A avaliar pelas fotos, excelentes sugestões 🙂 Até me abriram o apetite… Estive em Santiago duas semanas antes do Pinochet morrer. Eram tempos algo ‘tensos’, mas gostei muito da experiência. Principalmente de visitar a casa do Pablo Neruda e comer onde le costumava almoçar…

    1. Santiago é incrível, visitei a casa de Pablo Neruda (vai estar no post que publicarei hoje) e adorei a experiência! Obrigada pela visita =)

    1. Oi Gabi! Fomos em temperaturas bem opostas. Hehehe. Que bom que gostou, a ideia é facilitar a vida de quem lê por aqui =) Obrigada pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *