Sintra- Bate e volta

Patrimônio Mundial da Unesco, Sintra fica localizada a cerca de 30km de Lisboa, ideal para um bate e volta onde você passará o dia conhecendo essa cidade encantadora!
Facilmente se chega de trem através da estação do Rossio em Lisboa, em uma viagem que dura aproximadamente 40 minutos. Saindo de lá, já compramos nosso bilhete da volta, para garantir não termos problema com filas ou lotação na volta.
Para quem vai fazer como nós, a opção de passar apenas 1 dia conhecendo a cidade, não indico ir a pé até o centro histórico de Sintra e nas atrações turísticas, pois muitas estão localizadas na região alta da cidade. Então, pra encarar várias subidas se perde muito tempo e é bastante cansativo.
Desta forma, a melhor opção que indico é pegar os ônibus que circulam regularmente pela cidade, conhecidos por 2 linhas básicas, a 434 e a 435. Logo na saída estação ferroviária você vai encontrar o ponto de ônibus.
A linha 434 percorre a parte alta de Sintra, passando antes pelo centro histórico onde fica o Palácio Nacional de Sintra e subindo em direção ao Castelo dos Mouros e o Palácio Nacional da Pena. A linha 435 percorre apenas a parte baixa cidade, passando pelo centro histórico, Palácio da Regaleira, Palácio Seteais e Monserrate.

Para quem tem pouco tempo na cidade recomendamos selecionar as atrações, pois é fato que você não conseguirá ir em todas. Escolhemos as 3 mais famosas para visitar e o tempo deu direitinho na nossa programação, de chegar de manhã cedo e sair no fim da tarde.
Descobrimos que na entrada de qualquer uma das atrações é possível comprar um bilhete combinado para mais de uma delas. Como sabemos que o Palácio da Pena é a atração com as maiores filas, fizemos a seguinte estratégia: pegamos o ônibus 434 e fomos primeiro para o Castelo dos Mouros, atração menos disputada. Lá realmente não tinha nenhuma fila, compramos o ingresso combinado para o Palácio Nacional da Pena.

Nosso dia começou logo cedo indo ao Castelo dos Mouros, uma visita relativamente rápida. Depois Fomos ao Palácio Nacional da Pena, almoçamos e por último fomos na Quinta da Regaleira. Gostei de todos os lugares que visitamos, mas 2 de fato nos impressionaram muito e vocês não podem deixar de ir: Palácio da Pena e Quinta de Regaleira. Fantásticos! Se você só tem 1 dia, não adianta tentar colocar mais de 3 atrações, porque você não irá conseguir aproveitar bem as visitas.

Aqui vão algumas dicas 😉 Almoçamos no Café Paris Restaurante, localizado bem no centro histórico de Sintra, um restaurante que tinham mesinhas ao ar livre, muito agradável pra curtir a cidade, e a comida também estava muito boa. A localização era privilegiada, perto de tudo, na parte turística da cidade. Assim que saímos de lá, aproveitamos pra dá uma voltinha nas ruas mais próximas que tinham vários souvenirs e a famosa loja de doces portugueses, Piriquita. Entre tantos, escolhemos provar o travasseiro, que é tradicional em Sintra, e é a especialidade da casa. É uma massa folhada coberta com açúcar e recheada com creme de ovos e amêndoas. Não deixe de experimentar, achamos delicioso!!

Castelo dos Mouros

É uma fortificação militar construída em torno do século X, com função de vigilância. Através das muralhas que erguem o castelo tem-se uma visão linda do alto da cidade de Sintra.

Horário: 09h30 – 20h00

Bilhete adulto (de 18  a  64 anos) – 8 euros

Bilhete combinado para 2 locais tem desconto de 5% ao somatório dos bilhetes incluído na combinação

Desconto para crianças, idosos e famílias

Castelo dos Mouros
Vista do Castelo dos Mouros
Palácio da Pena visto do Castelo dos Mouros

Palácio Nacional da Pena

O Palácio da Pena ergue-se sobre uma rocha escarpada, que é o segundo ponto mais alto da Serra de Sintra, representa uma das melhores expressões do Romantismo arquitetônico do século XIX no mundo. Existia um convento de monges Jerônimos desde 1511. Porém, com a extinção das ordens religiosas em Portugal, em 1834, o lugar estava em ruínas e em 1838, D. Fernando II comprou o convento.

D. Fernando mandou plantar no Parque da Pena como nos jardins românticos, com caminhos serpenteantes, pavilhões e bancos de pedra a pontuar os percursos, bem como árvores e outras plantas provenientes dos quatro cantos do mundo.

O Palácio realmente impressiona por sua arquitetura e sua beleza exótica, com cores bem chamativas, diferentes de qualquer palácio que você irá visitar no mundo! Se por fora é tão mágico, logo se desperta a curiosidade do visitante em conhecer o que há por dentro daquele lugar que é pura história? Conta a história que Dom Fernando era bem megalomaníaco e gostaria de ter todos os cantos do mundo no Palácio, por isso contratou o arquiteto Von Eschwege para deixar o  Palácio com vários estilos arquitetônicos. Visivelmente repara-se uma desorganização, um lugar meio caótico, parece que ele saiu juntando várias partes e montou o Palácio. Rsrss. Nada tem muito sentido, mas é isso que deixa aquele lugar único, sabe? 

Horário: 09h30 – 20h00

PALÁCIO + PARQUE
Bilhete adulto (de 18  a  64 anos) – 14 euros

Bilhete combinado para 2 locais tem desconto de 5% ao somatório dos bilhetes incluído na combinação

Desconto para crianças, idosos e famílias

Palácio Nacional da Pena
Arquitetura do Palácio da Pena
Arquitetura do Palácio da Pena
Vista do Palácio da Pena
Quarto dentro do Palácio da Pena
Sala de jantar do Palácio da Pena

 

Quinta da Regaleira

Um dos lugares mais misteriosos que você vai visitar, envolto em magia e misticismo.  Pegue logo o mapa na entrada, pois o local é muito grande e nós mesmos não tivemos tempo de ver tudo. Então pelo mapa, focamos no que mais queríamos conhecer. Nosso principal objetivo era achar a atração mais recomendada da Quinta da Regaleira, o famoso Poço Iniciático, uma grande galeria subterrânea com escada em espiral que lembra uma torre invertida. A escadaria com nove patamares são separados por lances de 15 degraus, invocando os nove círculos do inferno de Dante, na divina comédia. O poço recebeu esse nome porque acredita-se que era utilizado em rituais da maçonaria, e os nove andares representam os nove círculos do inferno, as nove seções do purgatório e os nove céus do Paraíso, segundo a “Divina Comédia”, de Dante. No piso do  poço, está gravada uma estrela de oito pontas junto com uma cruz Templária, símbolo da ordem de mesmo nome que é ligada à Maçonaria.

O Poço se conecta a outros lugares da Quinta através de túneis subterrâneos e vale a pena você se aventurar. À medida que você vai conhecendo a quinta da Regaleira, encontra bosques, lagos, cavernas, grutas, é uma verdadeira caixinha de surpresas aquele lugar! Por já está perto da saída, deixe para conhecer por último o Palácio da Regaleira, visita que também vale muito a pena!

Poço Iniciático
Poço Iniciático com estrela de oito pontas no piso
Em um dos túneis que levam ao Poço Iniciático.
Além da magia e mistério da Quinta da Regaleira, o lugar também tem muita beleza!
Quinta da Regaleira
Quinta da Regaleira
Palácio da Regaleira

Sintra tem outras atrações legais que não tivemos tempo de visitar. Se você tiver tempo de sobra em Portugal, pode ser interessante passar mais 1 dia na cidade, que acredito que seja mais tranquilo pra visitar as atrações sem muita correria e um maior número delas. A cidade realmente é uma graça e vale a pena esse tempinho extra. Porém, se você estiver na mesma situação que nós com o tempo curto, não deixe de conhecer, o que der tempo de visitar já terá valido muito a pena! =)

 

Laís  

Já curtiu nosso instagram para acompanhar mais dicas? Clica aqui! 😉

Quer ajudar nosso blog? Faz a reserva pelo Booking clicando aqui ou na caixa de pesquisa ao lado! 😉

 

2 Replies to “Sintra- Bate e volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *